IKONOKLASTA E SUAS AVENTURAS



sem querer mergulhei no http://tharealgrecords.blogspot.com/ e fiquei expantado com a última noticia que encontrei e logo resolvi fazer um (copy & paste) e partilhar aqui com vcs. o cabeçalho dizia o que é dreda ser angolano. hhahh... ñ entendeste? ... é seguinte: trata - se da última aventura do veterano do Luaty aka Brigadeiro Mata-Frakuxz aka Ikonoklasta aka aka 1000iSegundo e ainda aka Nkwa Kobanza etc…o nigga tem bue de nomes. Mata-Frakuxz é tambem Conhecido por ser integrante do projecto Conjunto Ngonguenha (nome que despensa apresentação quando se fala de Hip Hop Angolano).Familia um dia desses, depois de um dia de esfrega na faculae, Ponho-me no MSN a actualizar as dicas e dicas (…) Epah depois de muito bla bla com o peeps, surge a minha amiga Bárbara que deu-me a dika que o Luaty veio de Portugal para Angola a pé !!!
Damn esse wi é loco foi a minha primeira reacção!!! nao quis acreditar, mas é a mais pura verdade, o wi fez mesmo o percuso todo a butes e, claro com algumas boleias, pois sempre da jeito. Mas seja como for é de tirar o chapéu.


Luaty partiu para a aventura de 6 meses com um gosto de liberdade e sentindo-se um cidadão do mundo. Ele ousou sair pelo mundo a fora para ver o que nao está ao alcance das televisões ou de outros meios.Eu fiquei realmente encantado com aventura e a forma como o Luaty relatou a viagem no seu blog. Usando uma linguagem aberta num discurso poético bem ao estilo Angolano. Eu li a aventura e resolvi escrever ao Luaty, em primeiro lugar para dar-lhe os parabéns pelo feito e também pela forma como relatou a viagem ao promenor numa escrita cativante, e aproveitei sugerir-lhe a publicação de um livro sobre esta aventura.




O mano passou por bons e maus bocados durante o percurso. Esteve em mais de 10 países tais como: Portugal, Espanha, Marrocos, Mali, Senegal, Guiné-Bissau, Burkina-Faso, Ghana, Nigéria e outros até chegar a Angola. Começou a sua aventura com os seus últimos 125€, dos quais 40€ nao eram seus.O brother percorreu bué de bandas e foi acolhido pelas pessoas que foi encontrando pelo caminho. Algo a realçar e que me fez escrever este artigo, foi o facto de que ninguém lhe fez mal durante a viagem, mas foi só chegar a capital da Pátria Mãe Angola, que o nigga foi assaltado, isto no município do Sambizanga.
Os wis roubaram o pedaço mais importante da viagem, isto é, os registos feitos durante a mesma (máquina fotográfica, pen drive e papeis com números de pessoas que Luaty foi conhecendo durante a viagem). O grupo de jovens que o interceptou, não imaginava sequer que o nosso nigga Luaty tinha people da pesada no Sambila (…)




“outro grupo meteu conversa e quando pedi a um deles que fosse chamar o Sacerdote e dizer-lhe que o amigo dele Mata-Frakuxz tinha chegado e queria lhe falar, o dread que estava a minha frente parou, começou a rir e perguntou "Mata-Frakuxz... Brigadeiro Mata Frakuxz?" Aí percebi a sensação do Bond...James Bond quando interpelado. O mano conhecia os meus sons, convidou-me a pitar qualquer cena e fomos procurar o Sacerdote” Luaty (2009).
Graças a Deus e ao seu feito no mundo do Hip Hop o rapper Mata-Frakuxz, conseguiu reaver os seus haveres.
O aventureiro chegou a casa são e salvo graças a Deus, com o orgulho de ter feito algo histórico para a sua vida. Luaty foi recebido pelos seus familiares depois de 6 meses e 1 semana de espera e muita angústia, sabendo que o jovem andava por terras alheias, sem dar nenhum sinal.
Não é fácil largar tudo para seguir as nossas aventuras mas é preciso fazer algo para satisfazer os nossos desejos.Para quem esteja interessado em saber mais sobre esta aventura, basta clicar no Blog do Luaty:
http://www.travelpod.com/travel-blog-entries/ikono/1/1219149600/tpod.html#ENTRY_LIST
E saber mais sobre o trabalho do nosso mano Iknoklasta é so seguir o link:
http://www.myspace.com/ikonoklasta


Partilhar no Google Plus

Sobre: Néfilim Hespanhol

12 Transfusons.
Enviar um comentário