Provavelmente alguns amigos e pessoas que acompanham o trabalho da 12transfusons devem estar a espera que nos pronunciemos a respeito do dia em que anunciamos Virar o Movimento Hip – Hop em Cabinda.

Pois é, aqui vai:

O Show ficou marcado para as 15h00 e pontualmente quando eram 13h00 a nossa equipe já estava pronta para dar o início do Show ficando a espera que os convidados aparecessem e começarmos então o inicio da virada mas, Cabinda com um movimento tão pobre que ainda carece de muito trabalho, luta, humildade e união tem rapper´s armados em “Super Stars”, orgulhosos e cheios de “não me toques”, sempre de ombros para cima achando - se sempre os melhores, atitudes pelas quais ridicularizo porque honestamente não vejo graça em ser “celebridade em bairro de lixo” nessa nossa tchiowa desnutrida, culturalmente vazia, com público totalmente apático e com músicos no abismo e sem glória e sem nada.

Pois é os DITOS “SUPER TARS” só começaram a aparecer 1hora e meia depois e no meio desta onda de “SUPERTARS” houve ainda os “MEGA STARS” (risus), que só apareceram 3 horas depois e como sempre, cheios de pressa e arrogância.

A apresentação ficou a cargo de Daniel Macedo, administrador do site Underground Lusófono), os Dj´s Litwenty e Boy G responsabilizaram-se pelo som, Tec – Tec foi o “Sound Cheker”.

As 16h25 minutos deu –se o inicio do show com a apresentação de beat´s produzidos por Tec-Tec pela Kave Imperial Studios” e em seguida a apresentação do grupo de Capoeira “Abadá Capoeira “ numa exibição de precisamente 5 minutos e logo a seguir começou a parte das atuações com o rapper Kélio – B “El Mago” do grupo Bluetooth Family e consequentemente os outros músicos convidados, tudo a correr bem até que acontece o incidente que deixou toda comissão organizadora com nervos a flor da pele por ver seu trabalho de quase um mês de preparação a ir pra água abaixo por uns “vândalos e marginais” que escolheram o dia e local do Show da 12transfusons para resolverem seus conflitos e particulares, tentando estragar o nosso trabalho e manchar o nosso nome diante da sociedade e em especial com o kota que cedeu o espaço.


Honestamente depois da atitude esperava qua algum deles tivesse a decência de pelo menos depois do Show falar connosco a respeito e quiçá um pedido de desculpas pelo transtorno causado porque, as coisas só aconteceram mesmo porque fomos persistentes o pessoal já estava ir embora e o Dj já tinha arrumado o material. Acredito eu que nenhum deles iria custear as despesas deste evento e se a consideração não fosse pela amizade que julgo termos, ao menos deveriam pensar que estamos numa sociedade onde julgo querermos todos transmitir a boa imagem do Hip-Hop  e comportamentos como este não nos ajudam de modo nenhum.

E aproveito aqui para manifestar mais uma vez o meu descontentamento com os serviços da nossa POLICIA NACIONAL, é a segunda vez que solicito a sua intervenção e saio sem sucesso. Só para ser mais especifico estava há 100m um batalhão de a gente a agredirem se fisicamente com garrafas, paus e outros objectos cortantes e no exato momento corri para Unidade da DPIC que se encontra mesmo no fim da rua, a pedir intervenção disseram – me que tinha que levar uma notificação contra os agressores e comparecermos no dia seguinte para ser ouvido, porque de momento não havia carro de patrulha disponível e bue de bla, blas que já nem quis ouvir.



Depois de tudo o show continuou a todo gás e a bom ritmo, uma hora depois do reinicio, o REDGOVEN nosso convidado especial, rapper da 18ª Esquadrilha do Cazenga entrava em palco acompanhado de Néfilim para “Cicatrizar Memórias” e fazer “Gritar Gerações”.

Resumindo o show correu bem apesar do incidente e já agora, o nosso muito obrigado a todos por terem comparecido no evento, quero parabenizar as meninas do Hip-Hop Cabinda estiveram muito bem (Diana Iluminanty, Black Niggas, Lia Converse, Rapper esquisita a.k.a Lilaisada, Oly Mc), quero também agradecer a Catrina Panzo pela surpresa (honestamente não esperava mas valeu bué teres dado a força e suporte mana). Nos vemos no próximo evento a anunciamos em breve.

Texto por:

António Hespanhol
Partilhar no Google Plus

Sobre: Néfilim Hespanhol

12 Transfusons.
Enviar um comentário