Fale-nos um pouco de quais são as tuas pretensões como MC.Eu, Diana Iluminaty enquanto rapper pretendo fazer algo diferente de tudo o que têm sido feito no rap feminino, mas as vezes é difícil lidar com muita coisa, uma vez que trabalho sozinha e todas as responsabilidades caem sobre mim. Mas contudo tenho objectivos bem “grandes” que com a Graça de Deus irei alcançar todos eles e o meu nome estará bem marcado.
Desde março de 2015 em que lançou a Mixtape com 8 faixas até os dias de hoje, sente-se satisfeita com o feedback?A minha mixtape (Batom Nas Rimas) ainda não tem um ano foi lançada no dia 07 de março de 2015 e recebo mais elogios graças a Deus, cada critica que recebi foi apenas motivação para nos próximos projectos melhorar ou evoluir.
Reside em Cabinda e sabemos que há também um movimento hip hop. Como tens visto e o que tem a dizer sobre o rap feito em Cabinda ?Na minha humilde opinião, o Rap na minha província está mais que vivo, o grande problema é que todo mundo quer ser melhor que o outro e isso impede a ligação e cumplicidade de todos os rappers ao representarem a província.
O que acha do Rap feito por mulheres ? Tem alguns nomes que gostaria de realçar ?Nos últimos tempos não tenho visto nada de novo no rap feminino, mas já faltou mais e se houvesse maior ligação entre as rappers de Angola acho que o rap feminino teria muita audiência SER RAPPER EM ANGOLA não é fácil!
Na sua opinião, Há necessidade de se destrinçar Rap Feito por mulheres do Rap feito por homens?
Acho que Sim
Recentemente Eva RapDiva, Kendra Martins, Mamy MissSkillz, Vanda Mãe Grande e Winny E Zanda anunciaram um projecto feminino intitulado “RapEvoluçao“. Tens algum comentário a fazer sobre este projecto?Infelizmente não, porque não tenho grandes informações sobre o mesmo projecto, mas ainda assim apoio a boa iniciativa delas em se unirem, e assim possibilitar que as menos visíveis ganhem mais visibilidade, sem contar que cada uma aprendera sempre alguma com a outra. Muito bom Mesmo.
Quais as suas influências como Mc?Não tenho grandes influencias porque quero criar o que é meu sem ser influenciada por ninguém mas como todo mundo sabe já tenho “matrícula” sou filha de um rei (NGA) e pertenço a uma família de príncipes (FORÇA SUPREMA).
Como encara o rap feito por ti? um Hobby ou uma ocupação na qual pretendes um dia viver dele.Para ser sincera não pretendo viver do rap porque tenho sonhos muito grandes, quero poder fazer história cantando mas até uma certa idade, até porque além de rapper sou modelo e também pretendo ajudar a minha mãe com a marca que ela irá lançar dentro de um ano.
Se tivesse que fazer um top de cinco vozes femininas quais seriam ?Não tenho TOP 5 mas tenho 3 favoritas, nomeadamente: Diana Iluminaty, Girinha, G’pamella.
Tem alguma coisa projectada para breve?Tenho uma música nova com participação do Enock, um remix com a Nica Nashira e por fim o meu EP.
Teremos participações do teu pai (Nga) e/ou dos teus irmãos príncipes (FS) no teu EP?Não. Infelizmente não me sinto ainda preparada para estar na mesma faixa com eles e por outro lado, a agenda deles não tem facilitado nada.
O tens a dizer com relação ao trabalho feito pelos Bloggers?Se comentar com sinceridade o que penso muitos deles vão considerar negativo. Muitos não me ajudam em nada mas não posso deixar de realçar alguns que aprecio a forma de trabalhar  (Hip Hop Angolano, Adérito José , Saimon Fox , Quantos De nós Gostamos de Rap e muito mais se não escrevi peço desculpas não me veio em mente). São bloggers sem preferências que apoiam tudo o que está ligado ao RAP pois amo o trabalho dos mesmo quanto aos demais sinceramente não tenho nada a dizer.
Um ultimo recado para os fãs e seguidores da Diana.Bem meus caros amigos, familiares, tropas e todos aqueles que têm um grande carinho supostamente chamados “fãs” mas que para mim são como família, eu agradeço muito por consumirem a minha música que não me é fácil fazê-la então o meu esforço é por vocês e sempre será jamais, faço sempre com a intenção de não vos decepcionar muito muito mas muito obrigada a vocês que acreditam em mim que de uma ou de outra forma me ajudam e aos meus chatos Edgar Major, Edivaldo Dos Santos, Arletcheck, Enock, Graça Pamella thank u tropas.

Fonte: http://hiphopangolano.net/
Partilhar no Google Plus

Sobre: Néfilim Hespanhol

12 Transfusons.
Enviar um comentário